Nora, o Começo.

Título: Nora, o Começo.
Editora: Novo Século (Novos Talentos)
Autora: Géssica Soares
Páginas: 319
Skoob
Sinopse: " Nora tem dons e uma inteligência notável, mas que são sufocados pela displicência do povoado onde vive. Filha adotiva e possuidora de uma aparência nada comum, não consegue viver amigavelmente com os demais. A não ser com Pietro, seu único amigo, e com o senhor Filipino, o carteiro e viajante da redondeza. Além deles, encontra consolo nos livros, já que vive sob as imposições da Igreja. Repentinamente, Nora terá de acompanhar Filipino em uma de suas viagens, e nela descobrirá muito de sua origem, pois ele, o velho misterioso, apresentará à singela garota o mundo que a espera. " 


Resenha:

A História:

A dezessete anos, no Reino Nattirus, um bebe nasce. Os membros do conselho participam de uma reunião para decidir o futuro da criança. O pequeno bebe, é a reencarnação de Master, o magnífico. Um ser extremamente poderoso, que em sua vida passada causou muita destruição. A medida decida pelo conselho, seria que a criança fosse criada por humanos. A única coisa que seus pais biológicos poderiam fazer era escolher seu nome.

Nora uma jovem de dezessete anos, morava com seus pais Vittore, o qual era o ferreiro e sua mãe, Eva, a qual cuidava da casa.

" Ela tem os cabelos na altura dos ombros, mas sempre os usava presos. Seus olhos eram pequenos e verdes, o queixo fino e as orelhas um pouco de abano, mas seu sorriso encantador deixava esse detalhe passar despercebido. "

Nora era uma pessoa fora do comum, começando com seu nome. Isso fazia com que as pessoas a olhassem torto, o que não a ajudava a fazer amizades. Depois de um tempo decidiu se isolar, pois ao seu ver, era mais fácil. Seu tempo era dividido em leituras e a companhia de Pietro, seu único amigo.

Senhor Filipino, uma das pessoas mais sábias da cidade, e o responsável pelo gosto de leitura de Nora. Estava se preparando para mais uma de suas viagens. Desta vez Nora foi convidada para acompanhá-lo.
     
" Ele aparentava ter a idade de meus pais, uns quarenta anos. Sempre o via usando chapéu, camisa branca e larga, calças cinza e sapatos pretos, mas variava o estilo do seu chapéu. "

Nora, sempre imaginou que seu destino era fora daquela cidade, pois desde pequena possuí um dom. Era capaz de se comunicar por pensamentos e de certa forma, influenciar as atitudes de outras pessoas. Junto a isso, mais os livros sobre seres fantásticos que tanto gostava, decidiu que iria acompanhar Filipino.
Após as despedidas, Nora e Filipino começam sua jornada. No caminho ela conhece os irmãos Utíles e Floralena, que são elfos.

" Só fiquei olhando admirada e reparando em cada traço daquela criatura perfeita. Olhos azuis, intensos, cabelos escuros, corpo forte e lábios finos. era mais alto do que eu e tinha transversalmente em suas costas duas espadas suspensas por correias entrelaçadas." 

Ao se encontrar com seus companheiros de viagem, eles seguem em direção á cidade do Núcleo, onde fica a Escola para Aprendizes. Lá Nora vai aprender a arte da magia e combate. Mas sua aventura, acaba de começar, e não será somente assistir aulas e realizar tarefas. Os perigos estão por perto, e Nora ira precisar de ajudar para vencer e seguir em frente.

Comentários:

Gostei bastante da narrativa utilizada pela autora, descrições na medida certa. A história se passa de forma rápida e quando você percebe já foi metade do livro. A história é narrada pelo ponto de vista de Nora.    
   
Os personagens presentes, são bem construídos. Apesar de Nora ser a reencarnação de Master, ela foi criada longe de qualquer lugar onde seus dons mágicos poderiam florescer, entretanto alguns momentos onde ela corre perigo, acontece algo e ela utilizada poderes(a lá avatar mode on), o que foi um ponto negativo na história para mim. Mas no decorrer da história Nora por ser muito inteligente aprende as coisas com bastante facilidade.
   
Adorei a forma como a autora retrata os Elfos, criaturas mais do que utilizadas em livros de fantasia, mas aí que entra a originalidade da obra. Os Elfos não precisam de alimentos, somente de hortelã, pois restaura a energia perdida. Utíles e Lena são irmãos e o relacionamento deles foi construído de forma legal.
   
O romance da história é feito de forma leve, nada muito exageradamente rápido, o que pra mim também conta como ponto positivo. A história termina com um baita "cenas nos próximos capítulos", o que me deixa triste pois sofro de ansiedade rsrsrs.
   
No mais, é uma história muito boa, bem escrita e com elementos fantásticos inovadores. As magias são feitas de formas simples, basicamente os nomes são pronunciados em latim o/. Um ótimo livro para se ler em um final de semana(o que eu fiz xD). 
 
Quanto a edição física, apesar de eu ter problemas com pessoas na capa, até que gostei. Não vi problemas quanto a erros de revisão, a diagramação é boa e o tamanho da fonte é muito confortável para a leitura.



É isso pessoal, espero que gostem :)